O REINADO DE DAVI (aprox 970-930 a.E.C)

"Reinou, pois, david sobre todo israel; julgava e fazia justiça a todo seu povo." 
Crônicas 18.14 

   
    Coroado rei de Israel, David governava. Nos primeiros momentos de seu reinado, havia, ainda, batalhas contra os filisteus, mas que foram vencidas, já que David os conhecia bem. Não necessitando voltar toda sua atenção para a defesa do estado, David começou a consolidar seu poder. Para isso, era necessário um centro, uma capital que não estivesse ligada a nenhuma das tribos e que ficasse numa posição intermediária entre Judá ao sul e as tribos do norte.

    Essa cidade poderia ser Jerusalém. Uma cidade que ficava entre as tribos do norte e Judá, que já existia desde a época de Abraão. Os israelitas há muito tentavam conquistá-la, algo que seria importante para facilitar o intercâmbio entre o norte e o sul. O único enclave para torná-la capital, era o fato de estar dominada pelos Jebuseus e ser fortificada. David não perdeu tempo. Reuniu o exército e sitiou a cidade. Usando-se de sua experiência capturou-a e logo tornou a cidade sua morada. Transformou-a, então, na Capital dos judeus.

    Para tornar Jerusalém ainda mais central e importante para os judeus, David ordenou que a Arca da Aliança fosse trazida a Jerusalém e construiu uma tenda para esta. Após uma demora de alguns meses a arca finalmente chegou a Jerusalém e, neste dia, David se misturou ao povo e dançou com a arca. Estava ainda nos planos de David, construir um templo para a arca, mas Natan, o Profeta, disse que não seria adequado um Rei com sangue humano nas mãos empreender tal construção.

    Foi durante o reinado de David que Israel atingiu sua maior extensão territorial. Vários povos que habitavam ao redor de Israel perderam batalhas e guerras para o exército de David. Entre eles estavam: os Moabitas, Amonitas e as tribos Araméias. Todas essas conquistas levaram a um grande enriquecimento de Israel, já que os povos conquistados pagavam altos tributos. 

    Porém, David não era um homem perfeito. Certa vez, ele se apaixonou por uma bela moça, Betsabé, que era casada com Urias, um dos oficiais de seu exército. David, para poder ter Betsabé para si, enviou Urias ao campo de batalha e pediu a seu general, Joab, que o colocasse na linha de frente. Com isso, Urias acabou morrendo e David tomou Betsabé como esposa. Este incidente chegou aos ouvidos do profeta Natan, que condenou David, dizendo: “Tu és o homem que, sendo rico e poderoso, tomaste o único bem de uma pessoa pobre e indefesa”. Foi de Betsabé que nasceu
Salomão¹.

    Apesar de seu governo ter obtido grandes conquistas, ele ainda enfrentava séria oposição. Seu filho favorito e provável sucessor, Absalão, descontente por ter de esperar o tempo em que se tornaria rei, iniciou uma rebelião contra o pai. Conseguiu um grande número de seguidores e obrigou David a fugir para o outro lado do Jordão. Contudo, Joab conseguiu matar Absalão e acabou, temporariamente, com a revolta. Após essa revolta, seguiram-se outras vindas principalmente das tribos do norte, mas a grande capacidade militar de Joab conseguiu conter todas.

    David é sem dúvida o mais lembrado dos reis. Não apenas por ser o fundador de Israel, conquistador e aquele que tornou Jerusalém a capital dos judeus, mas também por duas outras razões.

    David também foi um grande poeta. É atribuído a ele todo o livro de salmos. Assim, a beleza de suas poesias e cantos religiosos (alguns usado até hoje) ainda comove pessoas. Por fim, David é também importante por ter sido ungido por Samuel, no início de sua carreira. Foi essa unção que tornou David o Messias, aquele que uniu o povo, adorou D´us de todo o coração e cujos descendentes foram escolhido por Ele governantes de Israel por toda a eternidade. Assim, hoje, quando cantamos pela vinda do Messias que governará Israel, cantamos pela vinda de um descendente de David.

    David foi rei por 47 anos. Destes, sete apenas sobre Judá e os outros 40 sobre toda Israel. Logo antes de sua morte, David escolheu Salomão para ser seu sucessor. Assim, com 70 anos, morreu David.




   1 O primeiro filho de David e Betsabé teria nascido morto, pois D'us teria se enfurecido com o pecado de David.

CHAZIT HANOAR

Chazit Hanoar

Porto Alegre

 PORTO ALEGRE